Publicidade

Ricky Martin diz que “ninguém o apoiou” quando decidiu se assumir gay

Publicado por Caio Coletti

18/01/2018 09:46

O cantor e ator Ricky Martin compareceu ao The Daily Show na noite dessa quarta (17), e o apresentador Trevor Noah o perguntou sobre a época em que ele resolveu se assumir gay para o mundo.

“Eu levei um tempo… Eu estava cercado de amigos e pessoas que me diziam: ‘Não faça isso! Vai ser o fim de sua carrera'”, relembrou Martin. “Eu não culpo essas pessoas, sei que elas me amam e querem meu melhor, mas são vítimas da homofobia”.

“Eu também cresci nessa cultura tradicional porto-riquenha que me dizia que sentimentos homossexuais eram impuros e pecaminosos”, contou ainda. “Adicione isso ao fato que eu era visto como um símbolo sexual, e é óbvio que foi difícil dizer para as pessoas que eu era gay”.

“O que virou o jogo para mim foi quando eu tive filhos”, disse Martin sobre Matteo e Valentino, gêmeos que teve via barriga de aluguel em 2008. “Eu olhava para eles e pensava: Preciso me assumir, não posso viver uma mentira com essas crianças”.

Martin interpreta o modelo Antonio D’Amico em The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story, que estreou nessa quarta (17) na TV americana.

Ricky Martin se casa em segredo com parceiro de longa data

Publicidade