Apresentador de American Idol nega acusações de assédio: “Meu nome está limpo”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ryan Seacrest, apresentador de American Idol, respondeu as acusações de abuso sexual feitas por sua estilista nessa segunda (26).

Suzie Hardy, estilista que trabalhou com o ator e apresentador, denunciou à Variety na segunda-feita, contando que foi abusada e violentada sexualmente por Ryan, que tocou suas partes íntimas e exibiu seu pênis a todo momento para ela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apresentador de American Idol é acusado de abusar sexualmente de estilista

Em entrevista ao Page Six nessa terça (27), Seacrest começou elogiando os movimentos que lutam por uma valorização às mulheres e reforçando que as denúncias de abuso sexual feitas por elas contra homens de Hollywood devem ser feitas.

Depois, ele continuou: “Infelizmente, eu me tornei um dos acusados, sob denúncias que foram investigadas por empresas terceirizadas, junto à empresa [E!], a acusadora e outras pessoas importantes. Após dois meses, meu nome foi absolvido. Eu participei avidamente das investigações para provar minha inocência porque seu que estou falando a verdade e eu acredito no devido processo”.

Seacrest completou depois: “A pessoa que está me acusando de coisas terríveis tentou comprar seu silêncio pedindo dinheiro diversas vezes, em que eu recusei. Não quero mais acusar ninguém de não falar a verdade mas nesse caso, eu não tenho escolha senão negar as acusações feitas a mim”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio