Atriz de Westworld fala sobre abuso sexual no Congresso americano: “Achei que ia morrer”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Evan Rachel Wood foi a convidada especial de uma sessão do Congresso americano que discutiu novas leis protegendo vítimas de abuso sexual.

A atriz de Westworld contou sua experiência ao lado de ativistas como Amanda Nguyen e Lauren Libby, da fundação RISE, que provem apoio a sobreviventes de abuso sexual em recuperação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O abuso começou devagar, mas escalou com o tempo”, contou ela. “Ele ameaçou me matar, me disse que eu era louca e me fez lavagem cerebral. Acordava todos os dias com o homem que dizia me amar me estuprando, achando que eu estava dormindo. Frequentemente, ele me amarrava e me torturava psicológica e fisicamente até que sentisse que eu ‘tinha provado meu amor por ele’”.

Westworld | HBO vai construir réplica do parque e permitir visitantes

“Naqueles momentos de tortura, eu achava que ia morrer. Não só porque ele me dizia que poderia me matar se eu não obedecesse, mas porque eu sentia que saía do meu corpo e congelava, incapaz de correr. Se eu fugisse, ele me encontraria, era o que eu pensava”, continuou.

“Por causa desse abuso, quando fui novamente atacada anos depois, eu sabia que precisava me dissociar da experiência e não lutar contra ela. Ser estuprada antes fez com que fosse mais fácil ser estuprada de novo”, contou.

“Sete anos depois desses incidentes, no plural, eu fui diagnosticada com stress pós-traumático. Eu vivi com essa doença por muito tempo sem perceber. Eu achava que estava ficando louca. Eu lutei contra a vontade de me ferir e tentei suicídio duas vezes, o que fez com que eu fosse internada em um hospício por um tempo. Quando busquei ajuda profissional para lidar com meu trauma, minha vida mudou. Outras pessoas não tem tanta sorte – por isso, às vezes um estupro não é apenas alguns minutos de trauma, mas uma morte lenta”, concluiu.

Wood retorna ao papel de Dolores em Westworld a partir do dia 22 de abril.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio