Atriz pediu para Geoffrey Rush parar de tocá-la, segundo promotoria

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Geoffrey Rush está sendo alvo de investigações e de um processo judicial por assédio sexual a uma colega de palco na peça King Lear.

Segundo informações do site Page Six, Rush primeiramente entrou em processo quandro o veículo australiano Daily Telegraph, que foi quem reportou que o ator tinha indevidamente tocado sua colega Eryn Jean Norvill durante a peça em 2015 e 2016.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na corte australiana, a promotoria disse que o comportamento de Rush foi escandaloso e inapropriado, com a defesa do ator dizendo que a alegação é vaga. Segundo informações da promotoria, Rush teria tocado a atriz durante a cena final da peça, no qual Geoffrey tocou Norvill inapropriadamente e que ela pediu para ele parar, o que foi ignorado.

Outras informações ditas foi que o ator seguiu Norvill até um banheiro durante uma festa ao final dos ensaios da peça.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio