Aos 31 anos, Bill Gates se tornava já um bilionário, com sua revolucionária empresa de tecnologia, Microsoft.

Em entrevista à apresentadora Ellen DeGeneres na noite de quarta (21), Bill contou um pouco sobre como era sua vida nesta idade, seus desejos, aquisições e preocupações.

Em um dos comentários, explicando como funcionava a Microsoft nos anos 80, Gates revelou que tinha um meio conservador de enxergar as coisas quando começou a contratar pessoas para a empresa.


The Big Bang Theory | Bill Gates fará participação na série

“Eu sempre quis ter muito dinheiro no banco, caso nossos clientes não nos dessem muito retorno financeiro. Então, poderíamos seguir pagando todo mundo e fazendo as pesquisas. Mas eu sempre fui precavido para que não fizéssemos muitas contratações. Sempre fiquei preocupado as pessoas que trabalharam para mim fossem mais velhas que eu e tivessem filhos e aí eu sempre pensava: ‘E se não formos pagos, serei capaz de cobrir os salários deles?’ Então eu sempre fui conservador sobre as finanças”, revelou o bilionário.

A fala de Gates mostra que nos momentos de contratações, pessoas que eram casadas e tinham filhos eram uma preocupação, por conta de diversos benefícios que devem ser de direito aos pais e mães e claro, por conta dessas questões sociais, os salários seriam maiores.