Brendan Fraser diz que foi assediado por jornalista votante do Globo de Ouro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Brendan Fraser fala pela primeira vez sobre sua experiência com assédio sexual na indústria de Hollywood em um artigo da GQ, no qual denuncia o jornalista Philip Berk, membro votante do Globo de Ouro.

Fraser reconta um incidente acontecido na festa do Globo de Ouro de 2003, quando Berk atuava como presidente da Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood, que concede o prêmio anualmente. Berk não é mais presidente, mas ainda vota na premiação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Trust | Brendan Fraser será detetive na série de Danny Boyle

“Nós nos abraçamos e ele colocou a mão no meu traseiro. Ele apertou e ficou apalpando minha nádega, e então colocou o seu dedo na parte de baixo, na meu períneo”, descreve.

“Eu imediatamente fui embora de lá e contei para minha esposa. Nós discutimos, mas decidimos que não podia denunciá-lo, porque ele era poderoso na indústria. Eu fiquei deprimido e não me lembro de muita coisa que fiz naquele ano”, relembra ainda.

Berk respondeu à matéria da GQ alegando que se trata de uma “invenção completa” do ator.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio