O ator Sean Penn não poupou palavras sobre o presidente estadunidense Donald Trump eu seu primeiro romance fictício. Apesar de não dizer as palavras para Trump, o ataque é bem explícito.

Um personagem de seu livro escreve uma carta ao presidente, que é uma caricatura de Trump com a seguinte mensagem:

“Você não é simplesmente um presidente precisando de um impeachment, você é um homem que precisa de uma intervenção. Nós não somo um povo que precisa de uma intervenção, nós somos uma nação precisando de um assassino”.


Sean Penn diz que “perdeu a paixão pela atuação”

Penn admitiu estar drogado recentemente em uma entrevista e depois acendeu um cigarro para conversar com o entrevistador (dentro do estúdio fechado do programa). Quando o apresentador o repreendeu, Penn apagou o cigarro, mas fez piada: “Fumar é garantir o trabalho dos oncologistas”.