A atriz Susan Sarandon teve que ter ajuda para ter salário igual no filme Fugindo do Passado, de 1998.

Em entrevista à Rádio BBC, Sarandon lembrou que Paul Newman, que contracenou o longa junto da atriz, deu metade de seu salário a ela para que ambos tivessem o mesmo cachê.

“Disseram que minha carreira acabaria aos 40”, comenta Susan Sarandon


Susan comentou: “Emma Stone veio à público dizer que ela teve salário igual porque seus colegas homens de cena insistiram e deram um pouco dos seus. Isso aconteceu comigo e Paul Newman em um ponto quando fizemos um filme há anos atrás”.

Ela continuou em seguida: “Quando eu disse que somente dois rapazes ganhariam mais, ele tomou a frente e falou: ‘Bem, então eu te dou parte do meu salário’. Há um termo chamado nações favoráveis, em que todos os atores e atrizes receberiam o mesmo cachê, acomodações e qualquer provisão contratual”.

Susan elogiou o ator, dizendo que ele era um cavalheiro.