Janelle Monáe se assume panssexual: “Já namorei homens e mulheres”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora e atriz Janelle Monáe se assumiu panssexual em entrevista com a Rolling Stone.

Na matéria, Monáe diz que “já teve relacionamentos com homens e mulheres”, e que seu novo disco, Dirty Computer, é para “todo mundo que sente ostracismo ou bullying por ser diferente”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Sendo uma mulher queer nos EUA nesse momento, eu me sinto uma filha da p*ta muito livre”, brincou ela. “Eu quero que jovens garotas, jovens garotos, não-binários, gays, héteros, pessoas queer que ainda estão descobrindo sua sexualidade, saibam que eu consigo vê-los e apreciá-los”.

10 famosas que vão dominar as manchetes em 2018

Anteriormente, Monáe nunca havia confirmado sua sexualidade, apesar de rumores circularem em torno de sua imagem andrógina do passado e do presente.

“Eu nunca me senti como uma artista negra normal, acho que por isso me protegia em toda aquela coisa de androide”, refletiu sobre a estética de seus álbuns anteriores.

Como atriz, Monáe apareceu nos filmes Estrelas Além do Tempo e Moonlight: Sob a Luz do Luar, além da série antológica Electric Dreams. Em 2018, vai atuar para Robert Zemeckis em The Women of Marwen.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio