Lily Allen revela ter sofrido assédio e afirma que vai processar o responsável

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Lily Allen revelou ter sido vítima de assédio sexual em uma entrevista ao podcast de James O’Brien (noticiado pelo The Sun). Segundo Allen, ela não pode revelar detalhes no momento porque está tomando todas as providências legais possíveis contra o responsável.

Allen expôs o seu caso de assédio durante uma conversa com O’Brien sobre os crimes cometidos pelo produtor de cinema Harvey Weinstein e outras denúncias que se seguiram em diversos filões da indústria.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu fui assediada. Não posso falar muito sobre isso, por questões legais, mas estou no processo de lidar com essa situação”, contou. Allen disse que não tem interesse no dinheiro de uma possível indenização, mas que pretende ir até o fim com o processo para que possa seguir com a sua vida.

Lily Allen vira alvo de críticas ao dizer que vai passar Natal como sem-teto

“O que achei muito interessante é que muitas pessoas sugerem que há algo a se ganhar quando enfrentamos essas situações. Na verdade, o que a maioria das mulheres quer é apenas seguir com suas vidas”, disse.

“A sensação ruim nunca vai embora, eu só quero tirar o nome desse c*zão da minha boca e da minha cabeça. Não quero dinheiro, se fosse por dinheiro eu apenas assinaria um contrato de indenização e não é isso o que quero”, afirmou.

A cantora de 32 anos prepara-se para lançar o seu quarto disco de estúdio, intitulado No Shame, marcado para 8 de junho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio