Morreu neste sábado (21), o diretor de cinema brasileiro Nelson Pereira dos Santos, um dos nomes mais importantes da indústria cinematográfica nacional, aos 89 anos.

A Academia Brasileira de Letras confirmou a morte do diretor nesta tarde, às 17 horas. Ele era um dos membros da academia, e ocupava a cadeira de número sete.

Nascido em 1928, se formou em direito pela USP, mas logo entrou no ramo do cinema, tendo atuado como diretor, produtor, roteirista, montador e ator.


Entre os seus filmes mais importantes estão Rio 40 Graus e Vidas Secas, inspirado na obra do escritor Graciliano Ramos.

O corpo do diretor será velado na sede da academia no Rio de Janeiro.