Zoe Saldana denuncia tratamento injusto de mulheres em Hollywood

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista à revista Cosmopolitan, a atriz Zoe Saldana (a Gamora de Guardiões da Galáxia) se abriu sobre as “injustiças e desequilíbrios” que sofreu em seu trabalho na indústria de Hollywood.

Quatro horas de maquiagem: Zoe Saldana mostra transformação em Gamora nos bastidores

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A coisa começava na forma como sua personagem era construída, e nos motivos do diretor para te escalar”, conta. “A forma como você era vestida em determinada cena. O fato de que você tinha um momento no filme em que precisava ficar de lingerie, ou uma cena de sexo totalmente gratuita”.

“Quantas vezes não cheguei para trabalhar e vi que o diretor do filme e meu colega de elenco homem estavam tendo uma discussão criativa sobre uma cena na qual eu aparecia sem mim?”, diz ainda. “Então eu ia para o meu trailer e me sentia machucada, e não queria trabalhar naquele dia. Então me sentia estúpida por causa dos meus sentimentos”.

“Eu não quero mais ouvir um único homem em Hollywood me dizer que eu era ou sou a musa dele. Eu não quero ser a p*rra da sua musa. Eu não quero que você coloque o meu pôster na sua parede e fique olhando para mim. Eu quero que você me ouça!”, completa.

Saldana retorna ao papel de Gamora em Vingadores: Guerra Infinita, que estreia em 25 de abril de 2018.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio