Adam Driver diz que teve mais oportunidades por ser homem e branco

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Adam Driver considera que “sem dúvida” teve mais oportunidades na vida e na carreira por ser homem, heterossexual e branco.

Falando no Festival de Cannes 2018 (via IndieWire), Driver ponderou: “Não há nenhuma dúvida de que alguém tem mais oportunidades quando é homem, heterossexual e branco. É um fato”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“É algo importante de se considerar”, disse ainda, refletindo sobre sua carreira. “Eu não posso te dar estatísticas, dizer que isso me ajudou em 50, 75 ou 100%, mas sem dúvida é algo em que eu penso”.

Em BlacKkKlansman, de Spike Lee, um dos filmes que divulga no festival, Driver interpreta o policial Flip Zimmerman, parceiro de Ron Stalworth (John David Washington), um policial negro que se infiltra na Ku Klux Klan, a maior organização racista dos EUA.

Aplaudido por seis minutos, o filme foi visto por muitos como “um recado” para o presidente Donald Trump, criticado por posições que muitos consideram racistas – veja Lee falar do assunto.

Após Cannes, BlacKkKlansman chegará aos cinemas em 10 de agosto nos EUA – sem previsão no Brasil.

Veja o trailer de BlacKkKlansman

O outro filme divulgado por Driver no festival é The Man Who Killed Don Quixote, de Terry Gilliam, que o traz como o fiel companheiro do aristocrata interpretado por Jonathan Pryce – veja trailer.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio