No The Late Show com Stephen Colbert, Charlize Theron reviveu a humilhante audição que fez para seu ídolo, Tom Hanks, em seu filme de 1996, The Wonders: O Sonho Não Acabou.

“Oh, não foi bom”, disse Theron a Colbert. “Eu não sei porque ele me deu o papel. Quero dizer, honestamente, eu estava tão nervosa. Imagine, você tem 19 anos e conhece esse ídolo, como eu o idolatrei”, Ela disse que assistiu a muitos filmes de Hanks enquanto crescia na África do Sul.

Theron não era uma atriz vencedora do Oscar quando fez o teste, então o nervosismo realmente chegou até ela. “Fazer um teste para alguém assim é assustador”, Theron. “O personagem que interpreta meu namorado no filme, seu nome é Guy. E fiquei tão nervosa na audição. Eu tive que fazer essa cena, Tom leu comigo. Ah, é tão humilhante. ”Theron continuou compartilhando isso, não importa o quanto ela tentasse, ela simplesmente não podia dizer“ cara ”.


“Eu fiquei tão nervoso que não consegui dizer ‘Guy’ e continuei dizendo ‘gay’. E quanto mais eu tentava me corrigir, mais eu apenas dizia ‘gay’, e isso era tão horrível. Ele literalmente disse em um ponto, ele é como, “Você sabe, vamos fazer uma pausa, nós vamos voltar.” E eu estava, tipo, “Oh, eu estou horrível agora!”

Charlize Theron admite: “Meus filhos às vezes me deixam p*ta”

Tully é o próximo filme de Charlize.

Tully é a história de uma mãe solteira de três filhos (incluindo um recém-nascido), a quem um irmão mais “abastado” dá um presente: uma “babá noturna” (Mackenzie Davis), profissional que fica na casa dos patrões durante a noite para aliviar a fatiga dos pais em cuidar de bebês chorões durante a madrugada.

O filme terá direção de Jason Reitman e roteiro de Diablo Cody, dupla de Juno, e deve chegar aos cinemas americanos em 20 de abril de 2018 – sem previsão no Brasil.