Coalas e James Bond: Veja os presentes bizarros recebidos por Meghan e Harry

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar do pedido da atriz Meghan Markle e do Príncipe Harry para que seus convidados fizessem doações para instituições beneficentes ao invés de darem presentes de casamento, o casal acabou recebendo alguns itens bem curiosos durante o casório.

Confira:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

  • O zoológico Taronga Zoo, situado perto de Sidney (Austrália), batizou um casal de coalas com os nomes dos noivos.
  • Já o governo australiano, por meio de seu primeiro-ministro, Malcolm Turnbull, deu um par de chapéus Akubra, bastante tradicionais no país e descritos por ele como “um presente muito australiano”.
  • O presidente francês Emmanuel Macron fez uma referência a um dos personagens britânicos mais famosos do cinema, o espião James Bond (ou 007), ao dar de presente uma caixa com vários itens da marca S.T. Dupont, que foram usados como armas em vários dos filmes da franquia.
  • O Príncipe Seeiso e sua esposa, a Princesa Mabereng, do Lesoto, deram Wonderbags, espécies de fornos portáteis que tem ajudado a combater a fome na África.
  • A Rainha Elizabeth II deu para o neto e a esposa um pequeno castelo localizado no estado britânico de Sandringham

Irmã de Meghan Markle diz que seu livro biográfico vai virar série de TV

Harry e Meghan haviam avisado em comunicado oficial que os convidados do casamento real foram dispensados de comprarem presentes para o casal – ao invés disso, a dupla sugeriu uma doação para sete instituições de caridade pessoalmente escolhidas por eles.

Uma das cerimônias mais comentadas deste ano, o casamento real entre Harry e Meghan contou com convidados ilustres e momentos cheios de emoção. Além disso, Meghan foi vista na recepção da festa após o casamento utilizando o mesmo anel que a Princesa Diana (saiba mais), um presente do marido à esposa.

O casal real recentemente compareceu ao Commonwealth Youth Forum, que reúne jovens ativistas sociais britânicos, e revelou que vai focar seu trabalho filantrópico em causas da população LGBT – confira.

Nos Estados Unidos, o casamento real foi exibido nos cinemas, sem comerciais e ao vivo (saiba mais).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio