Donald Trump dá perdão presidencial a cineasta condenado por fraude

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O presidente Donald Trump anunciou no Twitter que vai garantir o perdão presidencial ao cineasta e autor Dinesh D’Souza, conhecido por seus documentários condenando o partido democrata e suas figuras mais famosas.

D’Souza foi condenado em 2014 por violar leis de financiamento de campanha ao ajudar diversos candidatos republicanos a fundar suas corridas para governador e senador, entre outros cargos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Encontro entre Donald Trump e Kim Kardashian na Casa Branca rende memes; veja

D’Souza criou documentários como Os Estatos Unidos da Hillary, lançado em 2016 no meio da campanha para presidente disputada por ela e por Trump.

O filme foi massacrado por críticos, que criticaram tanto as habilidades de D’Souza como cineasta (especialmente suas reconstituições históricas “toscas”) quanto suas informações não checadas.

“Ele foi muito maltratado pelo governo”, afirmou Trump no Twitter.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio