Ele foi o rei do gênero nos anos 1990, com clássicos como Quatro Casamentos e Um Funeral, Um Lugar Chamado Notting Hill e O Diário de Bridget Jones.

No entanto, Hugh Grant acha que não vai fazer mais comédias românticas – tudo porque se considera “velho e feio demais” para esse tipo de filme.

“Eu sempre tentei escolher, na minha carreira, os papéis que me dariam mais prazer. Ficando mais velho e mais feio, as ofertas de comédias românticas pararam, e papéis mais variados chegaram”, contou ao Radio Times.


Ex revela que Hugh Grant foi pai pela quinta vez antes do próprio ator

Ele fala especialmente da minissérie A Very English Scandal, em que interpreta Jeremy Thorpe, um líder político britânico que, em 1979, foi a julgamento por conspiração para matar seu ex-amante.

“Há um tempo atrás, eu teria dispensado esse roteiro, dito: ‘Eu sou um astro de cinema, não farei televisão’. Mas isso é besteira hoje em dia! Essa divisão está morrendo. Eu ouvi dizer que Robert De Niro vai fazer televisão”, contou.

A Very English Scandal estreia nesse domingo (20).