Morgan Freeman publica nova declaração rebatendo acusações de assédio; “Eu não assediei essas mulheres”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator vencedor do Oscar, Morgan Freeman, voltou a falar sobre as acusações de assédio sexual feitas contra ele, desta vez, através de uma declaração publicada na última sexta-feira (25) pelo Deadline.

Freeman disse estar “devastado, pois 80 anos da minha carreira estão em risco após um piscar de olhos”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Todas as vítimas de assédio devem ser ouvidas e precisamos ouvi-las. Mas não é certo associar incidentes terríveis de estupro a brincadeiras e elogios mal colocados” disse o ator.

Freeman admitiu que costuma fazer elogios a mulheres para que elas se sintam mais a vontade ao seu redor, mas que s vezes as coisas podem não ter sido interpretadas do jeito que ele queria, e declarou: “Eu não assediei essas mulheres. Eu não ofereci emprego em troca de sexo. Qualquer sugestão que eu tenha feito e completamente falsa”.

Namorado é condenado por matar neta de Morgan Freeman a facadas

O caso começou com uma reportagem da CNN, que conversou com um total de 16 pessoas – oito mulheres que alegaram assédio de Freeman e oito que disseram testemunhar o comportamento descrito por elas. Saiba mais aqui.

O ator então liberou um pedido de desculpas, dizendo que “não tinha a intenção” de desrespeitar as colegas de trabalho – veja.

Um vídeo de Morgan Freeman flertando com uma repórter foi recentemente divulgado – veja aqui.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio