Poucos dias depois de um escândalo em que a mídia descobriu que supostas fotos de Thomas Markle se preparando para o casamento real eram falsas, o pai da atriz Meghan Markle revelou que não deve comparecer ao evento.

Não foi por falta de convite – aparentemente, Markle pretendia levar a filha até o altar no sábado (19), quando ela se casa com o Príncipe Harry, mas sofreu um infarto há pouco menos de uma semana e não poderá viajar.

“Eu já saí do hospital, mas não estou em condições de sair do país, infelizmente”, contou Markle ao TMZ. O pai da atriz vive no México com sua outra filha, Samantha, meia-irmã de Meghan.


 

O casamento acontecerá na St. George’s Chapel, no Castelo de Windsor. Para chegar até lá, no entanto, Harry e Meghan andarão de carruagem pelas ruas da capital britânica – e já escolhem o veículo.

Vestido de casamento de Meghan Markle custará quase R$ 500 mil; saiba mais

O casal real recentemente compareceu ao Commonwealth Youth Forum, que reúne jovens ativistas sociais britânicos, e revelou que vai focar seu trabalho filantrópico em causas da população LGBT – confira.

Harry e Meghan avisaram ainda em comunicado oficial que os convidados do casamento real estão dispensados de comprarem presentes para o casal – ao invés disso, a dupla sugeriu uma doação para sete instituições de caridade pessoalmente escolhidas por eles.

Nos Estados Unidos, o casamento real será exibido nos cinemas, sem comerciais e ao vivo, a partir das 10 da manhã do próximo sábado (saiba mais).