Morre Françoise Bonnot, editora que ganhou o Oscar por Z, aos 78

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das maiores editoras do século XX do cinema faleceu nesse sábado (09) em Paris, na França. O falecimento de Françoice Bonnot foi noticiado pelo Deadline nessa quarta (13) – ela tinha 78 anos.

Neal Boyd, ganhador do America´s Got Talent, morre aos 42 anos

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bonnot venceu o Oscar em sua categoria pelo trabalho no épico político Z (1969), de seu amigo e colaborador frequente Costa-Gavras. Com o diretor, fez também Desaparecido: Um Grande Mistério (1982), Hanna K. (1983) e outros clássicos.

Outra parceira frequente de Bonnot era a diretora Julie Taymor, para quem editou Titus (1999), Frida (2002), Across the Universe (2007) e A Tempestade (2010).

Esse último se tornaria seu derradeiro trabalho no cinema.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio