Por não sair em turnê, Spice Girls deixarão de ganhar cerca de 150 milhões de euros

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As Spice Girls deixarão de ganhar cerca de 150 milhões de euros (R$ 740 milhões) por descartar a hipótese de sair em turnê.

As informações são do The Sun, que revelou que a empresa Live Nation tinha feito o acordo milionário às cantoras, mas que elas se desentenderam com o empresário Simon Fuller, que organizava o retorno do grupo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O grupo esperava que Fuller fosse capaz de convencer Victoria Beckham a retornar aos palcos, algo que não ocorreu, já que a ex-cantora se recusa a sair em turnê de qualquer forma.

A falha de Simon em convencer Victoria fez com que o restante do grupo olhasse para o empresário com desconfiança, pois agora elas acreditam que o empresário pode tê-las usada para fazer com que seu nome retornasse à indústria.

Um retorno da girlband já era especulado há algum tempo, uma vez que a cantora realizaram diversas reuniões nos últimos meses. Ainda segundo o The Sun, a Live Nation esperava que o grupo retornasse aos palcos em setembro.

Recentemente, a girlband revelou que irão estrelar um filme animado em que serão super-heroínas (saiba mais), depois de discutir possíveis novos rumos para a marca Spice Girls.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio