Chris Pratt volta a defender James Gunn com um verso da Bíblia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Chris Pratt voltou a defender o diretor Jame Gunn, que foi recentemente demitido da Marvel após comentários ofensivos no Twitter.

Como ocorreu da primeira vez em que defendeu Gunn, Pratt não citou o nome do diretor ou se abriu sobre sua polêmica demissão, mas usou um verso da Bíblia para mostrar apoio ao diretor no Twitter: “Se uma casa estiver dividida contra si mesma, também não poderá subsistir. Marcos 3:25”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na primeira vez em que mostrou apoio a Gunn, Pratt escreveu um versículo do profeta Tiago (veja aqui).

Guardiões da Galáxia | James Gunn deixa o filme após piadas com estupro e pedofilia

Durante as últimas semanas, uma série de tweets de Gunn fazendo piadas com pedofilia anos atrás foram resgatados. As piadas de Gunn fizeram com que na tarde desta sexta-feira ele fosse demitido pela Marvel da direção de Guardiões da Galáxia Vol. 3 (saiba mais).

Gunn chegou a se manifestar após a demissão, dizendo que suas piadas antigas não manifestam a pessoa que ele é hoje (saiba tudo o que ele disse). Enquanto isso, fãs do diretor fizeram uma petição para sua readmissão.

Guardiões da Galáxia Vol. 3 tinha previsão de estreia para 2020. Gunn estava trabalhando no roteiro, que começaria a ser filmado já nos próximos meses. A Disney não comunicou como ficará o cronograma do longa com a saída do diretor.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio