Detalhes do culto sexual de Allison Mack, de Smallville, são revelados

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos casos mais controversos envolvendo Hollywood é o do escândalo de Allison Mack, acusada de ser líder de um culto de escravidão sexual.

Batizado de NXIVM, alguns detalhes e regras da organização da ex-atriz da série Smallville foram reveladas pelo site Radar Online, onde a mãe de uma ex-membra do grupo liberou algumas anedotas sobre o comportamento do grupo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com as informações, a atriz atuava como cafetina do grupo, atendendo por nomes como “Madam Mack”, “Pimp Mack” e “A Madame”. Suas funções incluíam agendar horários e compromissos das membras para ter relações sexuais com o líder do grupo, Keith Raniere.

Allison Mack se diz inocente em caso de culto de escravidão sexual

Uma das revelações mais perturbadoras é a de que Mack organizava treinamentos de preparo onde as vítimas eram forçadas a responder mensagens de Raniere, independente da noite. Mack então instruía as vítimas a deixar que o “Mestre” tirasse fotos delas nuas como prova da finalização da tarefa.

As informações completas sobre o culto serão reveladas em “Captive: A Mother’s Crusade to Save Her Daughter from a Terrifying Cult”, de Catherine Oxenberg.

O relato chega às livrarias americanas em 7 de agosto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio