O Ed Westwick, que ficou conhecido por ser o Chuck Bass em Gossip Girl, não será julgado pela acusações de que teria cometido estupro em duas mulheres em 2014 e assédio em uma terceira. A justiça de Los Angeles alegou falta de evidências.

As acusações vieram à tona no final de 2017, quando a atriz Kristina Cohen escreveu uma publicação no Facebook afirmando que Westwick a prendeu e a estuprou dentro de sua casa, em Los Angeles. Logo em seguida, outras duas atrizes, Aurelie Wynn e Rachel Eck, fizeram outras acusações.

BBC se espelha em Ridley Scott e reescala papel de Ed Westwick em minissérie


Em comunicado nesta sexta-feira (27), a Corte de Los Angeles informou que as testemunhas fornecidas pelas acusadoras não sabiam dizer se o crime aconteceu ou não. Além disso, uma das vítimas não respondeu as consultas feitas pelo advogado do Distrito.

Desde o início, Westwick negou as acusações e afirmou que teria como provar que nada aconteceu. Desde que as acusações foram feitas, o ator foi deixado de lado em trabalhos de Hollywood.