Publicidade

Esposa de Roman Polanski rejeita convite da Academia do Oscar em apoio ao marido

Publicado por Pedro Vieira

08/07/2018 19:29

A atriz Emmanuelle Seigner resolveu recusar um convite da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas para ser membro do grupo de artistas que decidirão os indicados ao Oscar 2019.

O motivo foi a recente expulsão de Polanski como um dos membros da Academia, devido ao novo código de conduta da Academia, que visa expulsar membros acusados de assédio sexual.

Em uma carta publicada no Le Journal du Dimanche, Seigner falou sobre o caso: “A Academia pensa que eu sou uma atriz em ascensão, que esqueceu que está a 29 anos casada com um dos maiores diretores do mundo”.

Seigner chamou o convite de uma “hipocrisia insuportável” e defendeu que seu marido escreveu “personagens femininas inesquecíveis”. Além disso, ela disse que expulsão é apenas uma atitude da Academia de “apaziguar o espírito do tempo”.

O convite feito a Seigner faz parte de uma tentativa da Academia de se tornar mais inclusiva com minorias. Cerca de 928 convites foram enviados para diversos artistas este ano.

Roman Polanski, o marido de Seigner, não pisa em solo americano há décadas após ser condenado pelo estupro de uma garota menor de idade durante os anos 1970 – desde então, diversas outras denúncias contra o cineasta foram feitas. O diretor polonês venceu o Oscar por seu trabalho em O Pianista (2002).

A Academia atualmente se recupera de um baque: John Bailey, atual presidente da organização, foi investigado por acusações de assédio sexual – mas inocentado.

O Oscar 2019 ocorre em 24 de fevereiro.

Publicidade