Forest Whitaker revela o que teve que fazer para sentir-se livre após interpretar ditador de Uganda

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista ao Couch Surfing, programa da revista People, Forest Whitaker revelou que já sofreu por conta de personagens que interpretou. O pior deles foi o ditador de Uganda, Idi Amin, em O Último Rei da Escócia (2006).

O papel lhe rendeu o Oscar de melhor atuação, no entanto, Whitaker revelou que ficou por muito tempo com o ditador em sua cabeça.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu comecei a trabalhar no papel meses antes de ir para África e aprender o idioma Kiswahili e entender a história do país”, explicou o ator.

Forest Whitaker estrelará série Godfather of Harlem

Para Whitaker, o trabalho de imersão, de tantos meses, pode ter feito com que ele se sentisse preso ao personagem após ter encerrado o seu trabalho no longa. No entanto, ele contou como fez para sentir-se livre.

“Eu lembro que um dia depois que sabíamos que tínhamos acabado, eu estava tomando um banho e tentando me livrar da voz, eu estava gritando para me fazer sentir livre. Algumas coisas ficaram comigo por um longo tempo. Alguns personagens permanecem por mais tempo”, revelou o astro em entrevista.

Um dos próximos trabalhos de Withaker é o seriado Godfather of Harlem, da ABC.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio