Jennifer Lawrence garante ter gostado de cenas de tortura em filme: “Foram divertidas”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jennifer Lawrence surpreendeu a todos ao comentar sobre algumas cenas do filme Operação Red Sparrow (2018). A atriz de 27 anos chegou até a afirmar que gostou de gravar os momentos em que tortura o ator Joel Edgerton.

A revelação foi feita em entrevista ao London Evening Standard. A polêmica começou quando críticos avaliaram que o longa do diretor Francis Lawrence foi violento. Até surgiram rumores de que Jennifer teria sido obrigada a fazer cenas contra a sua vontade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não foi bem o que a famosa disse durante a conversa:

Novo romance: Jennifer Lawrence está namorando curador de arte

“Em Operação Red Sparrow, as cenas de tortura foram muito divertidas. Joel fingiu sentir cócegas com a máquina que estava descascando sua pele. Havia sangue por toda parte e ele estava tipo, ‘hi hi hi hi’, então isso foi engraçado. Eu estava basicamente sendo torturada com uma arma de brinquedo, então não foi tão ruim assim”, declarou a atriz.

A atriz, que interpreta no filme uma bailarina que vira espiã, ainda revelou que não sairia tão bem se tivesse alguma prática de como ser uma agente secreta.

“Eu sou boa em guardar segredos, mas não sou boa em fazer coisas difíceis ou ficar desconfortável fisicamente e sou muito preguiçosa. Eu gosto de pelo menos 10 horas de sono e não tenho uma forte ética de trabalho, então acho que não seria uma boa espiã”, concluiu a atriz.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio