Os atores Zoe Saldana e Chris Pratt, protagonistas da franquia Guardiões da Galáxia, finalmente se manifestaram em relação à demissão de James Gunn do 3º filme da franquia da Marvel.

No Twitter, os astros evitaram falar o nome de Gunn, mas expressaram suas emoções. “Foi um fim de semana cheios de desafios, não vou mentir. Eu estou me dando um tempo antes de falar sobre tudo. Eu só quero que vocês saibam que eu amo todos os membros da minha família de Guardiões da Galáxia. E sempre amarei” escreveu Saldana.

Já Pratt utilizou um verso da Bíblia do Novo Testamento, o versículo 19 do primeiro capítulo do apóstolo Tiago (James em inglês): “Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Tiago 1:19” escreveu ele no Twitter.


Guardiões da Galáxia | James Gunn deixa o filme após piadas com estupro e pedofilia

Durante a última semana, uma série de tweets de Gunn fazendo piadas com pedofilia anos atrás foram resgatados. As piadas de Gunn fizeram com que na tarde desta sexta-feira ele fosse demitido pela Marvel da direção de Guardiões da Galáxia Vol. 3 (saiba mais).

Gunn chegou a se manifestar após a demissão, dizendo que suas piadas antigas não manifestam a pessoa que ele é hoje (saiba tudo o que ele disse). Enquanto isso, fãs do diretor fizeram uma petição para sua readmissão.

Guardiões da Galáxia Vol. 3 tinha previsão de estreia para 2020. Gunn estava trabalhando no roteiro, que começaria a ser filmado já nos próximos meses. A Disney não comunicou como ficará o cronograma do longa com a saída do diretor.