A atriz Asia Argento está entre as primeiras mulheres que denunciaram a má conduta do magnata de Hollywood Harvey Weinstein perante a mulheres da indústria cinematográfica. Argento também está entre uma das principais ativista do movimento #MeToo, mas meses após o início do movimento, ela foi acusada de assédio sexual.

Segundo o The New York Times, porém, o caso já teria sido resolvido. Argento fez um acordo de cerca de US$ 380 mil com Jimmy Bennett, um jovem ator e músico que acusou a atriz de assédio.

Asia Argento diz que não sabia da “obsessão” pela morte de Anthony Bourdain


Bennett alegou que Argento o teria assediado alguns anos atrás em um hotel na Califórnia. Na época, ele era menor de idade e tinha apenas 17 anos, enquanto Argento tinha 37.

Em novembro do último ano, os advogados de Bennett teriam mandando uma notificação para Argento alegando que o ocorrido teria sido um evento traumático para o ator e interferido em sua carreira artística. O acordo entre as duas partes, porém, só foi realizado neste ano.

Curiosamente, Bennett chegou a atuar ao lado de Argento quando tinha apenas 7 anos no filme Maldito Coração, que foi dirigido pela atriz.