Dario Argento defende a filha, acusada de ter feito sexo com menor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O mestre do terror, Dario Argento, defendeu a filha, Asia Argento, em meio a alegações de que ela teria feito sexo com menor de idade.

Em entrevista publicada no jornal italiano, La Stampa, Argentou alegou que “há um ar de conspiração” em volta das alegações que Asia Argento abusou sexualmente o ator Jimmy Bennett, em 2013, quando Bennett ainda tinha 17 e ela 37.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na entrevista, Dario afirmou que sua filha “vai lutar” contra as alegações e acrescentou que “tudo que está acontecendo me coloca em um estado psíquico negativo, é uma sequência de eventos desagradáveis”.

Foto íntima e mensagens de texto de Asia Argento, com menor de idade, vazam online

O diretor de Suspiria ainda disse que teve a impressão que “há algo muito obscuro, falso, ou, pelo menos, muito estranho” na história de Bennett.

“Temos que ver se as acusações são verdadeiras. Acho que não”, continuou o diretor, que acredita que as alegações de Bennett contra sua filha sejam o resultado de “uma tentativa organizada de colocá-la em uma posição ruim… que Weinstein disse para seus advogados desenterrarem sujeira sobre a atriz”.

Enquanto isso, a situação de Asia Argento permanece incerta. Como uma das vozes mais ativas do movimento Me Too, muitos tem criticado a postura da atriz, a chamando de hipócrita – dentre esses, o próprio advogado de Weinstein.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio