Demi Lovato fala sobre a overdose que sofreu: “Eu continuarei lutando”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Demi Lovato falou pela primeira vez sobre a overdose que há alguns dias e que a fez ser levada a um hospital em Los Angeles, onde ela continua internada.

No Instagram, Lovato compartilhou um texto na tarde deste domingo (05) no qual relata seu problema e garante que não pretende deixar que as drogas a vencam. “Sempre fui transparente sobre a minha vida e sobre os meus vícios. O que aprendi é que esta doença não é algo que desaparece com o tempo. É algo que tenho de continuar a superar, algo que eu ainda não fiz” escreveu a cantora.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quero agradecer a Deus por me ter manter viva. Aos meus fãs, pelos quais estou eternamente grata pelo amor e pelo apoio que me deram na semana passada e sempre me dão. Pelos seus pensamentos positivos e pelas as orações que me ajudaram a superar este momento difícil”. Ela ainda explicou que pretende esperar um momento para continuar sua recuperação e por fim escreveu: “Eu continuarei lutando”.

Revista afirma que Demi Lovato ainda sofre com complicações da overdose

Na tarde do dia 24 de julho, Demi Lovato foi levada às pressas a um hospital após ter sofrido uma overdose. Ainda não está claro qual droga foi usada pela cantora, mesmo que tudo indique que tenha sido heroína.

Demi Lovato enfrenta problemas com álcool, drogas, depressão e disfunção alimentar há anos. O que a cantora relatou é que ela estava livre das substâncias há seis anos, mas aparenta ter tido uma recaída recente, como expôs na letra de Sober.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio