Marilyn Monroe abortou filho de Robert Kennedy, segundo governo dos EUA

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste dia 5 de agosto, aniversário de 56 anos da morte de Marilyn Monroe, foram divulgados pelo governo dos EUA (via Radar Online) novos documentos que revelam um filho secreto da atriz e cantora com Robert F. Kennedy, senador norte-americano e irmão do presidente assassinado John F. Kennedy.

Marilyn Monroe engravidou de Kennedy mas chegou a abortar a criança meses antes de sua morte em 1962, segundo os documentos. Ela teria sido convencida por Robert a realizar o aborto, já que ele era casado na época e teria ficado furioso com a gravidez da atriz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Antes de manter um caso com Robert Kennedy, Monroe engatou um affair com John F. Kennedy, seu irmão mais velho.

Robert morreu seis anos depois de Marilyn Monroe, em 1968. Enquanto ela foi vítima de overdose, o político, assim como JFK, também foi assassinado, após ser baleado em um quarto de hotel em Los Angeles.

Marilyn Monroe lutou contra o teste do sofá em Hollywood

Minissérie vai mostrar os últimos meses de Marilyn Monroe

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio