Advogados de Amber Heard criticam matéria da GQ onde Johnny Depp nega acusações de abuso: “Revoltante”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após Johnny Depp falar em uma entrevista extensiva para a revista GQ do Reino Unido, onde falou sobre seu isolamento de Hollywood e as acusações de violência doméstica contra sua ex-esposa Amber Heard, a equipe de advogados da atriz não está feliz.

Em uma declaração oficial publicada pelo The Hollywood Reporter, a equipe legal de Heard criticou a revista por ter feito a reportagem, e também Depp de continuar “abusando o psicológico da atriz”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Se a GQ tivesse feito o mais básico de investigação quanto as afirmações do Sr. Depp, rapidamente teria percebido que suas declarações são inteiramente inventadas. O Sr. Depp brutalmente ignorou o acordo de confidencialidade entre as partes, e ainda se recusou a permitir que a Sra. Heard respondesse às alegações sem base, apesar de repetidos pedidos dela para ter permissão disso”, diz a declaração.

“O Sr. Depp está vergonhosamente continuando o abuso psicológico da Sra. Heard, que tentou colocar uma parte muito dolorosa de sua vida firmemente no passado. Basta apenas uma olhada na evidência física para chegar à uma conclusão apropriada”, finaliza.

“A Disney me odeia”, revela Johnny Depp

O próximo trabalho de Johnny Depp a ser lançado é Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindewald, que chega aos cinemas no dia 15 de novembro deste ano. Já Amber Heard estará em Aquaman, que chega em 13 de dezembro.

Pessoas criticam Johnny Depp ser chamado de “fora da lei” em capa de revista

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio