Audrey Hepburn lutou contra nazistas na Segunda Guerra Mundial

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Audrey Hepburn não foi apenas um ícone de Hollywood. A famosa também teria lutado contra nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

A revelação foi feita em um novo livro sobre a atriz, que foca nesse trecho de sua vida. Em Dutch Girl: Audrey Hepburn and World War II, o escritor Robert Matzen revela o que foi encontrado em um diário de 188 páginas do tio da famosa, o Conde Otto van Limburg Stirum, da Holanda, morto durante a grande guerra.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O livro destaca que em 1939, Audrey Hepburn foi morar na Holanda por conta da Guerra. A sua mãe, uma baronesa, acreditava que o país europeu se manteria neutro. Mas, não foi o que aconteceu. Hitler e suas tropas logo invadiram a localidade. Assim, a atriz teria trabalhado diretamente para lideranças da resistência.

Robert Wolders, ator e companheiro de longa data de Audrey Hepburn, morre aos 81 anos

O filho de Audrey Hepburn, Luca Dotti, concedeu entrevista ao escritor, deixando as suas impressões do que sempre ouviu da mãe.

“Quando minha mãe falava sobre ela, e o que aprendeu da vida, Hollywood não estava presente. Ao invés de citar estrelas e lugares de Beverly Hills, ela nos deus obscuros e impronunciáveis lugares da Holanda. Lembranças do tapete vermelho eram substituídas por episódios da Segunda Guerra Mundial que eram possíveis de serem transformados em contos para crianças”, escreveu Dotti.

Dutch Girl: Audrey Hepburn and World War II já está disponível em lojas norte-americanas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio