Diretor de Azul é a Cor Mais Quente é acusado de agressão sexual por atriz

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor tunisiano Abdellatif Kechiche, vencedor da Palma de Ouro por Azul é a Cor Mais Quente, está sendo acusado de agressão sexual por uma atriz que não teve o nome revelado.

De acordo com o Deadline, o caso contra uma “jovem atriz” aconteceu em um jantar em Paris, ainda em junho. Uma queixa teria sido registrada na polícia francesa no dia 6 de outubro, que apenas se tornou pública agora.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As autoridades não revelam detalhes do caso e qual exatamente teria sido a acusação. O caso é investigado por uma repartição da polícia local.

Atriz alega que Geoffrey Rush usou emoji de conotação sexual em caso de assédio

O crime, conforme as informações iniciais, teria acontecido em um apartamento de amigos mútuos da atriz e do diretor.

Abdellatif Kechiche, através dos seus advogados, publicou uma nota afirmando que nega a acusação. O diretor não deu maiores explicações.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio