Homem processa Graceland de Elvis Presley por “afetar” o seu casamento

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Graceland, lendária mansão de Elvis Presley, está sendo processada por um homem chamado Hans-Peter Gauch. A acusação é que o local afetou o casamento do suíço, que fez uma breve visita ao local, nos Estados Unidos.

De acordo com o The Blast, o acusador e a sua filha estavam passando férias na casa, em outubro de 2017, quando um alarme tocou perto do seu ouvido. Os dois tentaram deixar o andar, mas os elevadores não estavam funcionando.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, Gauch alega que as paredes vermelhas dificultaram encontrar a saída de emergência. Os dois ficaram no local 30 minutos até que o alarme fosse desligado.

Elvis Presley nos deixou há 41 anos; relembre sua carreira no cinema

O homem foi encaminhado para um hospital depois do ocorrido, onde foi diagnosticado com uma condição chamada acufeno, onde o suíço ouve um zumbido o tempo inteiro. O problema tem afetado a vida de Gauch, principalmente com a sua esposa.

A vítima alega ter “sofrido perda do prazer de atividades físicas que ele costumava ter com a esposa”. Além disso, Gauch precisa estar sob medicações o tempo inteiro, o que está fazendo com que o homem tenha “irritabilidade e mudanças de humor”.

Por conta desse prejuízo, o suíço cobra na justiça a quantia de US$ 75 mil dólares. A administração de Graceland, que recebe 500 mil visitantes ao ano, ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio