Nicholas Korda, editor de som em E.T. – O Extraterrestre e Star Trek, morre aos 73 anos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O editor de som Nicholas Korda faleceu aos 73 anos em 8 de outubro deste ano, conforme anunciado nesta quarta-feira (17) pela filha de Korda, Sarah, em Los Angeles.

O sonoplasta faleceu após uma batalha de nove anos contra câncer cerebral.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Trabalhando em Hollywood, Korda se especializou no ramo de edição de som, fazendo parte da equipe vencedora do Oscar por Melhor Edição de Som por E.T. – O Extraterrestre.

Em 1983, ele ganhou um Emmy por seu trabalho em Airwolf, filme de ação para TV.

Halloween | John Carpenter usou o som de calças sendo esfregadas para criar a trilha sonora

Korda também trabalhou com o cineasta Clint Eastwood Korda em filmes premiados como Menina de Ouro (2004), A Conquista da Honra (2006), Cartas de Iwo Jima (2006) – pelo qual ele ganhou o Golden Reel da Motion Picture Sound Editors – e Invictus (2009), último filme no qual trabalhou.

Outros créditos em sua carreira incluem O Buraco Negro (1979), O Destino Bate à Sua Porta (1981), Clube dos Cinco (1985), Star Trek IV: A Viagem para Casa (1986), A Família Addams (1991), Hoffa – Um Homem, Uma Lenda (1992), Star Trek: Generations (1994), Twister (1996), Melhor é Impossível (1997), Três Reis (1999) e Agente 86 (2008)

Korda deixa os filhos Sarah e Andrew, além da esposa Maria, o irmão David e a neta Cleo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio