Publicidade

Um ano depois, Anthony Rapp fala sobre Kevin Spacey: “Espero que ele encontre uma maneira de se regenerar”

Publicado por Bruno Tomé

17/10/2018 19:00

Anthony Rapp, o primeiro ator a acusar publicamente Kevin Spacey de assédio sexual, voltou a falar sobre o caso em entrevista ao Indie Wire. Neste mês, a acusação está completando um ano.

Primeiro, o ator relembrou do momento que relatou o caso ao Buzzfeed. Anthony Rapp não acreditava a proporção que a história ganharia.

“Nós sentíamos como se nada pudesse tocar essas pessoas. Que nada podia mudar os seus comportamentos, porque nós não tínhamos poder. Eu me senti dessa maneira. Você nem poderia pensar sobre isso. Não estava disponível para nós”, comentou o ator.

Anthony Rapp ainda afirmou que queria expôr Kevin Spacey, mas que ficou magoado quando soube que a série House of Cards, que foi protagonizada pelo veterano por cinco temporadas, seria cancelada na 6ª temporada.

“Quando eu vi a manchete, eu fiquei triste e chateado. Eu fiquei como, ‘Meu Deus, é uma consequência sem intenção’. Eu me senti mal pelas centenas de pessoas que trabalham na série”, declarou o artista.

Kevin Spacey é acusado de assédio sexual por massagista

Ao ser questionado sobre o desaparecimento público de Kevin Spacey, Anthony Rapp disse esperar que o veterano procure ajuda para se tornar uma pessoa melhor.

“Verdadeiramente, eu não sei, como um ser humano, eu realmente espero que ele encontre uma maneira de – eu não sei como seria isso, uma maneira de se regenerar, sabe?”, destacou o ator.

O famoso ainda explicou o que quis apontar com a afirmação.

“Eu realmente sinto isso, eu não acredito que alguém se comporte dessa maneira por muito tempo… eu não acho que ele é feliz. Ele tinha demônios. E em certo nível, eu tenho compaixão por isso. Mas, ao mesmo tempo, todos humanos tem alguns demônios, e a questão é se você consegue lutar com eles para não machucar ninguém”, esclareceu Anthony Rapp.

Há 32 anos, durante as gravações de Star Trek: Discovery, Kevin Spacey, com 26 anos, avançou sexualmente em Anthony Rapp, que na época possuía somente 14 anos, após uma festa em seu apartamento em Nova York. Atualmente, o veterano responde na justiça dos Estados Unidos e do Reino Unido por outros casos de crimes sexuais.

Publicidade