As homenagens ao querido quadrinista Stan Lee, falecido recentemente, continuam surgindo; desta vez, foi o artista Jim Steranko, conhecido por seus trabalhos com Capitão América, X-Men e Hulk, que prestou tributo a Lee.

Em uma série de postagens no Twitter, Steranko exaltou o legado de Stan Lee e sua importância para a indústria de quadrinhos.

“Tem sido uma semana sombria, sabendo que nunca mais terei a oportunidade de criar, me divertir e refazer o mundo das quatro cores melhor do que com o meu amigo Stan! O fim de uma era, um fato difícil – mas inevitável – de aceitar.


Stan adicionou uma terceira dimensão dinâmica a personagens bidimensionais padrão – e acendeu um caminho sem precedentes para a mídia de uma maneira que ninguém tinha feito antes.

Stan tornou-se o coração, a voz e o messias do fenômeno dos super-heróis, reconhecidos e louvados em todo o mundo. É difícil de acreditar que ele me permitiu estar ao seu lado por mais de meio século.

Compartilhei um grau substancial de minha vida criativa – e um pouco da minha vida pessoal – com Stan. Ele fez o mesmo comigo. Mesmo que eu estivesse contra o tradicionalismo, ele não apenas me aturou, mas aparentemente viu em mim algo que gostava.”

Stan Lee será homenageado em capas de quadrinhos da Marvel

O co-criador de Homem-Aranha, Pantera Negra, Vingadores e X-Men foi levado às pressas para um hospital de Los Angeles na segunda-feira (12), onde faleceu. Stan Lee tinha 95 anos.

O quadrinista ainda deve aparecer em alguns futuros filmes da Marvel, já que suas participações foram gravadas com antecedência.

O último trabalho de Stan Lee para a Marvel foi uma releitura de sua primeira história escrita para a antecessora da empresa, a Timely Comics, publicada em 2014 no especial de 75 anos da Marvel.