Tom Cruise e Nicole Kidman foram casados por 11 anos, formando um dos casais mais queridos da década de 90, portanto os fãs ficaram muito chocados quando os atores anunciaram o divórcio em 2001 – de maneira muito misteriosa.

Agora, o documentário ‘Going Clear: Scientology and the Prison of Belief’, repleto de entrevistas com pessoas que já foram muito próximas da Cientologia, afirma que a religião de Cruise teve relação direta com o término do relacionamento.

De acordo com Marty Rathbun, um ex-cientologia de alto nível, a igreja tentou convencer Cruise a romper com Kidman de muitas maneiras, tendo inclusive colocado escutas telefônicas no celular da atriz e forçado uma rebeldia em seus filhos adotivos para que não a respeitassem mais.


Atriz afirma que Tom Cruise pune pessoalmente integrantes da Cientologia

O motivo estaria relacionado ao ceticismo de Nicole Kidman, que não exatamente  “abraçou” a Cientologia apesar de ter se convertido a ela para agradar o então marido.

Ainda segundo Rathbun, ele próprio era o responsável por articular maneiras de fazer o casamento de Tom Cruise acabar.

O casamento com Nicole Kidman não foi a única coisa que Tom Cruise precisou sacrificar em nome da Cientologia: o ator não vê a filha, Suri Cruise, há cerca de cinco anos por ter sido proibido pelos líderes da igreja.