Lili Reinhart, a Betty de Riverdale, reflete sobre padrões de beleza no prêmio Mulher do Ano

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lili Reinhart, a Betty de Riverdale, deu um discurso emocionante sobre pressões estéticas e padrões de beleza durante a premiação Mulher do Ano, realizada pela revista Glamour.

Riverdale | Lili Reinhart defende Shannon Purser de haters após beijo em Cole Sprouse

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Reinhart sempre foi aberta à discussão de temas como saúde mental e seus problemas de dismorfia corporal. A atriz foi extremamente elogiada ao conseguir abordar um tema tão pesado com seu público majoritariamente adolescente.

“Abraçar a sua beleza natural não exclui ninguém. Não existe uma receita. Você pode ser naturalmente bonita com agne, cicatrizes, celulite ou curvas”, afirmou Reinhart.

A atriz também contou que às vezes se sente envergonhada em falar desse assunto por ser magra, já que a pressão estética atinge na maioria das vezes pessoas mais gordas.

“Essa é uma indústria que premia e celebra pessoas que tem uma cintura tão pequena como eu nunca terei”, denunciou Reinhart.

Reinhart também refletiu sobre a influência da sociedade patriarcal na saúde mental das mulheres, que são bem mais afetadas pelos padrões de beleza do que os homens.

“Nós não nascemos com essas inseguranças. Nós somos ensinadas a ser inseguras sobre certas coisas. Entre os padrões de beleza de Hollywood e revistas de moda, a necessidade incessante das pessoas de comentarem sobre a aparência das outras na internet, as mulheres são condicionadas a sentirem vergonhas de algumas parte de seus corpos”, opinou a atriz.

Riverdale retornou para a sua 3ª temporada no canal pago Warner, que exibe a série simultaneamente com os EUA nas quartas, às 21h40.

No Brasil, a série também é exibida pela Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio