Michael Sheen culpa Trump e Brexit pelo fim do casamento com Sarah Silverman

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um casamento pode terminar pelos mais diferentes fatores, mas a explicação de Michael Sheen talvez seja uma das mais curiosas. O ator garante que o novo cenário da política mundial foi fator crucial para o final do relacionamento com Sarah Silverman.

Ao The Telegraph, o ator contou que voltou ao País de Gales para ver o que estava fazendo com que os britânicos quisessem deixar a União Europeia. Enquanto isso, a ex-mulher investia pesado em um programa a favor do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ela foi fazer o show dela e eu fui investigar o motivo das pessoas terem votado pró-Brexit. Eu me senti obrigado a fazer alguma coisa, mas isso implicou no meu retorno, o que foi difícil para nós dois, por sermos muito importantes um para o outro. Mas nós dois reconhecemos que precisávamos fazer o que era necessário ser feito”, contou o ator, explicando que a distância foi o principal fator.

WiFi Ralph | Gal Gadot e Sarah Silverman cantam em novo clipe da animação

As declarações de Michael Sheen acabaram corroborando o que foi dito por Sarah Silverman em recente entrevista ao Jimmy Kimmel.

“Ele retornou para a vida dele no Reino Unido, a vida dele está lá e a minha vida não está lá”, contou a atriz.

No momento, Michael Sheen está trabalhando para entrar na terceira temporada de The Good Fight, dos mesmos criadores de The Good Wife. Os novos episódios devem ir ao ar em 2019.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio