Acusadoras de Harvey Weinstein querem impedi-lo de divulgar seus e-mails para a mídia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O escândalo de Harvey Weinstein deve ganhar mais alguns capítulos importantes nas próximas semanas.

Prestes a participar de uma importante audiência sobre as inúmeras acusações de assédio sexual e estupro que recebeu, Harvey Weinstein quer recuperar e-mails contendo conversas mantidas com suas acusadoras para usar como prova de defesa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, no outro extremo, as vítimas não querem que o produtor tenha novo acesso a estas conversas para possivelmente divulgá-las à mídia, de acordo com o Hollywood Reporter.

Julia Garner deve estrelar filme sobre assistente de Harvey Weinstein

O site relata que o advogado de defesa criminal de Weinstein, Benjamin Brafman, disse ao conselho que pretendia liberar estes e-mail na mídia para convencer a opinião pública, mas ainda não apresentou nenhum conteúdo formalmente.

Com as ameaças do advogado, as acusadoras estão tentando fazer com que o tribunal federal de Nova York impeça Harvey Weinstein de expor estas conversas, exigindo privacidade.

As mulheres querem tempo para tratar de questões de confidencialidade, mas dificilmente seu pedido será atendido pelo tribunal, já que há menos de uma semana até que Weinstein possa responder em liberdade.

O produtor acusado por crimes como assédio e estupro segue se declarando inocente na justiça norte-americana.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio