Debbie Reynolds teria previsto a morte de Carrie Fischer dias antes da filha ser hospitalizada

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com Sue Cameron, amiga íntima de Debbie Reynolds, a atriz recebido uma premonição da morte de Carrie Fischer dias antes da filha ser hospitalizada, em 23 de dezembro de 2016.

Mark Hammil elogia homenagem a Carrie Fischer feita por sua filha dois anos após o falecimento da atriz

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fischer sofreu um ataque cardíaco fulminante em um voo de Londres para Los Angeles. A atriz morreu quatro dias depois, em 27 de dezembro.

Segundo Cameron, Reynolds havia lhe contado sobre uma visão envolvendo a filha que teria acontecido no dia 21 de dezembro.

“No dia 21, ela me contou que havia tido uma visão na noite anterior. Ela chamou de experiência com a morte. Ela estava deitada e sentiu a morte se posicionar sobre ela. Ela descreveu uma nuvem pesada, que brevemente ficou parada em cima da cama. Mas ela não achava que era sua própria morte. A Debbie percebeu que a nuvem se fixou no lugar que Carrie sempre se sentava. Quando a Carrie entrou no avião em Londres, Debbie falou para sua assistente que não achava que a filha chegaria bem em casa. Ela não disse ‘A Carrie vai morrer hoje’, mas disse ‘Ela não vai voltar para casa’. De alguma forma ela sabia que a filha morreria. Ela sabia.”, contou Cameron.

Debbie Reynolds acabou também morrendo, um dia depois do falecimento da filha, em 28 de dezembro de 2016.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio