Publicidade

Diretor de Z: A Cidade Perdida diz que cineastas e críticos de cinema são ruins em julgar filmes

Publicado por Pedro Vieira

08/12/2018 19:14

James Gray, diretor de Z: A Cidade Perdida, está atualmente presidindo o júri do Festival de Cinema de Marraquexe, mas o próprio Gray acredita que sua posição como jurado é um problema.

Em entrevista ao Indie Wire, o diretor explicou que acredita que diretores e críticos de cinemas não são as melhores pessoas para julgarem a qualidade de um filme.

“Diretores estão sempre pensando, ‘Eu poderia fazer isso’. Enquanto críticos estão sempre dizendo, ‘Essa parte do filme é igual a parte daquele filme de 1947…’. E é meio que ‘Caramba! Apenas assista ao filme e tente absorve-lo sem comparar com outro filme ou tentar coloca-lo em uma classificação” disse o diretor.

Gray tem uma história notória com problemas em torno de críticas e júris de festivais. Em 2013, seu filme
Era Uma Vez em Nova York dividiu a crítica de Cannes. O diretor então se queixou dizendo que o ambiente de Cannes era tóxico e mandou os críticos “irem se f****” durante uma entrevista.

De forma irônica, a Fox pretende lançar o próximo longa do diretor, o filme Ad Astra, durante o Festival de Cannes de 2019.

Publicidade