Um novo problema no julgamento de Alisson Mack, atriz da série Smallville acusada de liderar o culto sexual conhecido como NXIVM, foi encontrado pelo juiz que cuida do caso, Nicholas Garaufis.

Segundo o New York Post, Garaufis alega que um fundo do NXIVM tem sido mantido por um dos membros do culto para que Mack e o outro líder do culto, Keith Raniere, pudessem pagar por advogados de defesa de alta qualidade.

Julgamento de atriz de Smallville por participação em culto sexual é adiado


O juiz pretende abrir uma investigação a parte para tratar o caso, enquanto Mack aguarda o dia do julgamento.

Mack foi supostamente uma líder para o culto e liderou um grupo secreto de mestres de escravas sexuais dentro do NXIVM.

No grupo secreto, Mack teria marcado as mulheres com as iniciais de seu nome e o de Keith Raniere, com as vítimas sendo forçadas a cumprir o que os seus mestres designavam.

Allison Mack ficou conhecida por interpretar Chloe Sullivan, amiga próxima de Clark Kent, em Smallville ao longo da década passada.