Leaving Neverland | Acusador responde às desconfianças dos fãs de Michael Jackson

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das peças centrais de Leaving Neverland, documentário que reúne casos de pedofilia que Michael Jackson supostamente teria cometido, Wade Robson deu uma resposta aos fãs do cantor que não acreditam em sua história durante o Festival Sundance de Cinema (via Indie Wire).

“Eu entendo que é realmente difícil para eles acreditarem porque, de certa forma, não muito tempo atrás, eu estava na mesma posição em que eles estão”, disse Robson.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Mesmo que isso tenha acontecido comigo, eu ainda não conseguia acreditar. Eu não podia acreditar que o que Michael fez foi uma coisa ruim até seis anos atrás. Então eu entendo. Só podemos aceitar e entender alguma coisa quando estivermos prontos e talvez nunca estaremos prontos. Talvez nós iremos. Então essa é a jornada deles.”

Leaving Neverland | Espólio de Michael Jackson condena documentário sobre supostos abusos: “Um assassinato de caráter”

Leaving Neverland será transmitido pela HBO na primavera desse ano.

A sinopse do documentário diz: “No auge de seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos e suas famílias. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados ​​sexualmente por Jackson e como chegaram a um acordo para ficarem calados anos depois.”

O documentário traz entrevistas com James Safechuck e Wade Robson, que alegam ter sido molestados por Michael Jackson quando ainda eram crianças.

Ações judiciais movidas por Robson e Safechuck contra Jackson foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017.

O Festival Sundance de Cinema acontece em Park City, em Utah, a partir de 24 de janeiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio