Após semanas de especulações sobre um possível retorno, Kevin Hart oficializou que não será o apresentador do Oscar 2019.

Quando perguntado se apresentaria a premiação, Hart disse a Michael Strahan, do Good Morning America, simplesmente “não” e que é tarde demais para se preparar.

“É difícil prever o que pode acontecer. Não quero que as pessoas pensem que há algo entre mim e na Academia”, acrescentou.


Quanto à controvérsia sobre as piadas e tuítes homofóbicos do passado, Kevin Hart foi ainda mais direto.

“Superei. Não há mais discussão. Já superei tudo aquilo. Não quero dar mais explicações sobre quem eu sou. Estou cansado disso.”

“Se não ouviu o pedido de desculpas, não sei o que está procurando”, continuou. “Sou uma boa pessoa. Amo amar as pessoas. Se não consegue enxergar, então é um problema com você.”

Oscar 2019 | Presidente da Disney está “de mente aberta” quanto a possível retorno de Kevin Hart

A Academia do Oscar ainda não respondeu o que acontecerá com a apresentação do Oscar 2019. Informações dão conta de que é cogitado fazer uma cerimônia sem apresentador.

“Agora estou em um espaço que sou cercado por pessoas da comunidade LGBTQ+ e agora eu sei o que essas palavras significam para eles e como eles se sentem, porque eles dizem, ‘Isso me machuca por causa do que eu passei'”, ainda contou o ator.

O Oscar 2019, que marca a 90ª edição da premiação, acontece na noite de 24 de fevereiro.