Mandy Moore, de This Is Us, se junta a mulheres que acusam ex-marido, Ryan Adams, de abuso

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mandy Moore, conhecida por This Is Us, engrossou a lista de mulheres que acusam o músico Ryan Adams de assédio e comportamento abusivo. A atriz foi casada com o acusado entre 2009 e 2016.

Nesta semana, uma reportagem da New York Times acusou Ryan Adams de manter comportamento abusivo com várias mulheres. As vítimas afirmam que o músico tem um perfil “manipulador e vingativo”, cometendo abusos “psicológicos e verbais”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, o jornal afirma que o músico manteve uma conversa de teor sexual com uma jovem menor de idade.

Mandy Moore respondeu o New York Times. A atriz concordou com as mulheres que o acusam de ter um comportamento abusivo.

“Ele sempre me dizia, ‘Você não é uma música, porque você não toca um instrumento’. O comportamento controlador dele bloqueou minha habilidade de fazer novas conexões na indústria durante um tempo fundamental e potencialmente lucrativo – durante o final dos meus 20”, declarou a atriz e cantora.

This Is Us | Justin Hartley fala sobre reviravolta na história de Kevin: “Tudo vai desmoronar”

Ryan Adams respondeu as alegações no Twitter e pediu desculpas as mulheres que se sentiram prejudicadas com o seu comportamento.

“Eu não sou um homem perfeito e cometi muitos erros. Para qualquer um que eu já tenha machucado, não intencionalmente, peço desculpas profundamente e sem reservas”, escreveu Ryan Adams na plataforma.

Sobre a acusação de manter conversas de teor sexual com uma jovem menor de idade, o advogado do músico, Andrew B. Brettler, divulgou uma nota para imprensa.

“Adams se comunica online com vários fãs e aspirantes a músicos e não se lembra de ter trocado mensagens com alguém relacionado a nada fora da música”, disse o advogado, ainda informado que “se, de fato, essa mulher fosse menor de idade, Adams não saberia”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio