Michael Jackson “preparava” as vítimas para abuso sexual, afirmam acusadores

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O documentário Leaving Neverland, que traz duas supostas vítimas de Michael Jackson, segue como tema do programa CBS This Morning nesta semana. Na edição de quinta (28), os próprios acusadores, Wade Robson e James Safechuck, estiveram presentes.

Os dois garantem que Michael Jackson os “preparavam” para os abusos. Entre as ações estava ensinar as supostas vítimas a contar uma versão inocente do tempo que passavam com o cantor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O treinamento de Michael para eu contar uma versão diferente começou na primeira noite em que ele me abusou. No sentido de, você sabe, depois de ele me abusar sexualmente, ele me dizia que se eu contasse para alguém, se alguém soubesse, nós dois iríamos para cadeia e nossas vidas seriam destruídas”, afirmou Robson.

As supostas vítimas também afirmam que o abuso foi evoluindo. As situações começaram nas primeiras noites em Neverland.

Leaving Neverland | Irmãos e sobrinho defendem Michael Jackson: “Tinha o coração de uma criança”

“Michael começou a pegar nas minhas pernas e na minha virilha, e isso evoluiu para sexo oral em mim e depois ele me mostrando como fazer nele”, relatou Safechuck, que ainda afirma ter aprendido sobre masturbação com o falecido cantor.

Depoimentos como esse também estão em Leaving Neverland.

A sinopse do documentário diz: “No auge de seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos e suas famílias. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados ​​sexualmente por Jackson e como chegaram a um acordo para ficarem calados anos depois.”

Ações judiciais movidas por Robson e Safechuck contra Jackson foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017.

Leaving Neverland será exibido em duas partes na HBO, nos dias 3 e 4 de março.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio